0-6 Meses

Que bem que se está na banheira…

Algumas semanas depois de ter nascido, seguramente o seu bebé vai adorar o momento do banho. Por isso não tenha pressa e divirta-se com ele.
Não é necessário dar-lhe banho todos os dias desde que a zona da fralda e da boca estejam limpas. É mais conveniente dar-lhe banho antes da toma do leite, já que depois de comer o bebé sentirá sono. É possível que no início, especialmente se forem pais recentes, se oponham a dar-lhe banho na banheira, uma vez que o vosso filho parece indefeso, desajeitado e escorregadio, sobretudo depois de ser ensaboado. Pode, inclusivamente, sentir-se desconfortável por segurá-lo dentro da banheira. Neste caso, poderão optar por lhe dar um banho com esponja durante as primeiras semanas até que todos se sintam mais seguros.
Assegure-se, antes do banho, de que tem os essenciais à mão: sabonete, esponja, toalha, algodão absorvente para o nariz e os ouvidos, loção, roupas e fraldas. A água deve estar à temperatura do corpo, agradavelmente morna, mas não quente. Segure o seu bebé de forma a apoiar a cabeça no pulso, enquanto que com os dedos dessa mão agarra firmemente a axila. Comece por lavar-lhe o rosto com um pano macio e depois o couro cabeludo. Elimine os resíduos de sabão, passando duas vezes a esponja húmida pelo corpo e dando especial atenção às dobras da pele.

SABIA QUE…?
Na maioria dos casos e apesar do conforto que a loção proporciona após o banho, não é absolutamente necessária. A loção é útil se a pele estiver seca ou levemente irritada pela fralda.
Deve evitar-se a utilização de pó de talco, dado que se for inalado é nocivo para os pulmões. O pó para bebé elaborado com farinha de milho é igualmente bom e mais seguro.
As unhas cortam-se com maior facilidade se o bebé estiver a dormir. A utilização de corta-unhas é mais prática do que as tesouras.
Alguns médicos aconselham que não se dê banho ao bebé antes da queda do umbigo, no entanto se este se molhar não existe qualquer problema desde que se limpe e se seque correctamente.

Bibliografia
“Meu filho, meu tesouro” do Dr. Benjamin Spock
“Os meus primeiros 100 dias” de José Luis Romero
“Bebés-Bio” de Claire Gillman
“Beija-me muito” de Carlos González

Loading...