24-36 Meses

Todo-o-Terreno

Nesta idade, o vosso filho precisa de muita atividade: correr, saltar, rodar, brincar… para melhorar as suas capacidades psicomotoras básicas e preparar o sistema muscular para o futuro.
A dança, a música e o movimento são elementos que ajudam o vosso filho a desenvolver o sentido espacial, a orientação e o equilíbrio. Todas as crianças gostam de se mexer ao ritmo da música, bater num tambor ou saltar o mais alto que conseguirem.
Quando o vosso filho tiver entre 2 anos e meio e 3, também vai começar a entender o seu eu-consciente e a experimentar a brincadeira imaginária. Por exemplo, vai gostar de fingir ser outra pessoa e que está num mundo imaginário através de disfarces, roupas ou até mesmo de objetos de uso diário, como uma panela ou uma colher de pau. Através das suas atividades lúdicas e de brincadeiras criativas vai explorar o seu mundo de fantasia e, pouco a pouco, vai adquirir o desenvolvimento intelectual, sem qualquer esforço consciente.
Até aos 3 anos a impulsividade é crucial para que a criança explore o ambiente. É bom ter o seu próprio espaço para brincar livremente, um quarto separado. A partir desse momento, a brincadeira e a sua criatividade instintiva florescem, pelo que lhe devem dar total liberdade para expressar a sua espontaneidade – vão fazer-lhe um favor.

SABIA QUE…?
Novos estudos demonstram que no momento de determinar como superar os desafios que um bebé crescido enfrentará e na sua relação com os outros, a inteligência emocional pode ser mais importante do que o seu coeficiente intelectual.
A empatia que uma criança tem com o seu pai ou mãe é uma peça-chave no seu desenvolvimento emocional.
A natureza é uma envolvente perfeita para a imaginação de uma criança graças às infinitas formas disponíveis para cultivar a sua criatividade.

Bibliografia
“Guia completo para cuidar de bebés e crianças” da Dra. Miriam Stoppard
“Bebés-bio” de Claire Gillman

Loading...